O legado de Florence Knoll

O legado de Florence Knoll

Seus projetos foram descritos como "atemporais", "eternos", "perfeitos em toda a extensão do que é possível" e "livres de tendências passageiras", muitos dos quais se tornaram clássicos e ainda estão em produção.

 

Início da vida e carreira

 

O legado de Florence Knoll

Meta description: Com criações modernas e elegantes, Florence Knoll fez história no design americano. Conheça mais do estilo de uma das arquitetas mais importantes do século XX.

 

Florence Knoll possui um lugar de extrema importância na história do design americano, graças às suas criações modernas, funcionais e elegantes. Muitos de seus projetos – mesas cadeiras, sofás, bancos, banquetas – são atemporais; refletindo seu treinamento arquitetônico e sensação geral de estilo.

 

Florence não só ajudou a estabelecer uma das empresas de design mais influentes da América, como também criou um novo mercado de mobiliário moderno e um sistema para promover o trabalho de designers, dando-lhes espaço para experimentar novos materiais e formas de trabalho. 

 

Quem foi Florence Knoll

Florence Margaret Schust – ou como era chamada pelo mais íntimos “Shu” – nasceu em Michigan, em 1917. Órfã aos 12 anos, ela teve a oportunidade de estudar na Kingswood School for Girls, escola projetada pelo arquiteto finlandês Eliel Saarinen.

 

Enquanto estava em Kingswood, Florence foi calorosamente abraçada pela família Saarinen, passando as férias com eles na Finlândia. Durante esse período, ela formou uma estreita relação com o filho de Eliel, Eero Saarinen.

 

Em 1941, Florence se mudou para Nova York, onde conheceu seu parceiro de vida e negócios, Hans Knoll, proveniente de uma longa linhagem de artesãos de móveis. Com as habilidades de designer de Florence e a visão de negócios de Hans, o par, que se casou em 1946, criou a empresa Knoll Associates, nascente em um âmbito internacional de estilo e design.

 

À frente da empresa, Florence estabeleceu grandes colaborações com designers modernistas, como Harry Bertoia, Eero Saarinen e Isamu Noguchi. Posteriormente, criou a Knoll Planning Unit especialmente para os projetos de interiores e de mobiliário, produzindo inclusive os tecidos que utilizavam.

 

Após o trágico falecimento de seu marido, em 1955, Florence seguiu presidindo a empresa e liderando a Knoll Planning Unit, aposentando-se em 1965.

 

Mesmo depois de sair da presidência do grupo, sua visão à frente de seu tempo continuou norteando todo o desenvolvimento da marca. Ainda com um grande legado em mãos, a designer colaborou com exposições no Louvre e no Philadelphia Museum of Art.

 

Como parte do reconhecimento desta grande artista, em 2002 Florence Knoll recebeu a National Medal of the Arts, a maior honraria do segmento nos Estados Unidos.

 

O estilo de Florence Knoll

Ao criar a revolucionária Knoll Planning Unit, Florence Knoll definiu o padrão para os interiores corporativos modernos da América pós-guerra. No processo, ela também criou a definição de trabalho para o que conhecemos hoje como "designer de interiores".

 

Com base em seus conhecimentos em arquitetura, Florence introduziu noções modernas de eficiência, planejamento espacial e design abrangente ao planejamento de escritórios.

 

Conciliando forma e função para otimizar o aproveitamento e o uso do ambiente, algumas das peças mais icônicas de Florence Knoll são seus bancos, poltronas e sofás. Em linhas retas, pés finos e cores sóbrias, os estofados de Knoll podem ser utilizados para decorar ambientes residenciais e corporativos.

 

O perfis geométricos dos móveis de Florence Knoll revelam a influência do mestre Mies van der Rohe, com quem a designer aprendeu os fundamentos do design racional.

 

Sua interpretação do minimalismo é uma das principais marcas de suas criações dos anos 1950, misturando matérias-primas como madeira e metal, assim como laminados – que deram origem aos ambientes de trabalho clean e organizados.

Categoria: Designers

Publicado em: 02/09/2019

Leia Também

Jaime Lerner

O arquiteto curitibano Jaime Lerner foi eleito em 2018 como o segundo urbanista mais influente de todos os tempos. Seu projeto Chaise Urca é produzido exclusivamente pela Artesian.

Leia mais

02/09/2019

Hans J. Wegner

O designer Hans J. Wegner fez história ao aliar funcionalidade e beleza em seus projetos, recebendo, ao longo de sua carreira, o título de “mestre das cadeiras”.

Leia mais

20/08/2019

Charles & Ray Eames

Charles & Ray Eames foram um casal de designers americanos que, juntos, reinventaram o mercado de mobiliário moderno e elegante. Conheça algumas peças dos Eames vendidas na Artesian.

Leia mais

02/09/2019